Instituição Membro de Convergência (Movimento Lacaniano para uma Psicanálise Freudiana). O LAÇO ANALÍTICO ESCOLA DE PSICANÁLISE / LAEP é uma Escola de Psicanálise que existe sob a modalidade de intersedes, ou seja, entre suas sub-sedes constitutivas: o campo da Escola abrange quatro sedes, em quatro cidades brasileiras: Rio de Janeiro (RJ), Varginha (MG), Cuiabá (MT) e Florianópolis (SC). Além disso, possui um Núcleo em Manaus (AM). 

Na história de sua constituição foram os laços definidos a partir da transferência que determinaram esta configuração espacial. Trata-se, assim, de uma geografia transferencial - e não expansional - nesta história. O LAÇO ANALÍTICO não se funda na lógica da mera expansão, esta que acredita poder sustentar a psicanálise no Mundo por movimentos de conquista política exteriores, portanto, à lógica do discurso psicanalítico.

Entendemos que a formação de psicanalistas deve ser atravessada pelas condições de transmissibilidade da psicanálise e do saber do inconsciente. Adotando os princípios estabelecidos por Lacan de uma Escola de psicanálise, o LAEP visa, em todas as suas atividades, a transmissão da psicanálise, e acolhe aqueles que, para além da disposição para esta transmissão, ao mesmo tempo como seus agentes e como sujeitos por ela afetáveis, dispõem-se também ao ato suplementar pelo qual visam agenciar o discurso analítico como psicanalistas.

As atividades de transmissão da psicanálise e de formação de analistas no LAEP podem ser abertas à participação dos interessados (psicanalistas, psicólogos, psiquiatras, demais profissionais de saúde e de outra áreas, estudantes e estudiosos em geral) ou restritas aos membros em formação permanente na Escola. Assumem as modalidades de CARTÉIS, SEMINÁRIOS, GRUPOS DE TRABALHO, GRUPOS DE LEITURA, REUNIÕES CLÍNICAS (restritas) E SESSÕES CLÍNICAS MENSAIS (abertas).

Em momentos mais pontuais, as atividades de transmissão assumem a forma de JORNADA DE TRABALHO, que denominamos de JORNADAS INTERSEDES, porquanto constituem o momento de encontro e trabalho entre os membros das sedes e núcleos do LAEP. Estas jornadas ocorrem a cada ano, em cada uma das cidades em que existe uma sub-sede do LAEP.