Mapa Mundi | Países de Convergência

www.convergenciafreudlacan.org

Convergência, Movimento Lacaniano para a Psicanálise Freudiana

Por que o Movimento?

Convergência é um movimento que suporta vários modos de organização das instituições que dele participam.

Qualquer associação ou instituição psicanalítica do mundo pode pedir seu ingresso. Reconhecemos em ato a diversidade histórica, geográfica e de línguas das diferentes posições associativas. Apostamos na multiplicidade de laços, convidando à formação de cartéis ou grupos de trabalho.

Trabalhamos organizando seminários, jornadas ou congressos que favoreçam a troca e a difusão dos fundamentos da prática da psicanálise e sua continuidade. Estas atividades se organizam com a participação de ao menos duas instituições membro, na lingual, cidade, país e modo de acordo.

Por que Convergência?

Para fazer avançar as questões cruciais da Psicanálise,

Convergência Movimento Lacaniano para a Psicanálise

Freudiana foi fundada em 1998 em Barcelona, por

quarenta e cinco associações psicanalíticas da Argentina,

Alemanha, Brasil, Equador, Espanha, Estados Unidos,

França, Itália e Uruguai.

Com este objetivo, cada Instituição-membro do Movimento

apresenta em um congresso tri-anual, congressos regionais,

jornadas, fóruns ou atividades em que participam pelo menos

duas instituições-membro, as diferenças que legitima a partir

de um ou mais traços no real da cura. Vale dizer, a partir de

sua tese sustentada em alguns dos momentos do ensino de

Lacan, apoiada na invenção de Freud.

Deste modo, esta nova modalidade de enlace entre analista se diferencia da instalação do laço primordial e autoritário próprio de uma supra-instituição. A tal ponto que, em Convergência, a multiplicidade de línguas, de leituras, e a diversidade das diferentes posições associativas que a integram não é considerada um problema. O Movimento se propõe a acolher o princípio da diferença fecunda presente entre tais posições enunciativas.

Convergência, em seu ato de fundação, aposta em responder às diversas formas que o mal-estar na cultura assume hoje. Além disto, é parte de nossos objetivos o oferecer aos psicanalistas reunidos em Convergência uma força política que apoie sua inscrição social nos diferentes contextos internacionais nos quais seu ato tem lugar.

Instâncias de decisão

As decisões são tomadas nas diferentes Comissões de Enlace.

Comissão de Enlace Geral: Se reúne uma vez por ano, alternadamente na Europa ou na América. Ela se compõe dos delegados, titular e suplente, que representam as instituições membro. Ela faz as decisões que julgar úteis e necessárias para a condução a bom termo quaisquer objetivos propostos e que sejam conforme o espírito de Convergência.

Instituições participantes do Movimento Convergência, Movimento Lacaniano para a Psicanálise Freudiana.

Convergência reúne diferentes associações ou instituições psicanalíticas, criadas em diferentes regiões do mundo.

 

Cada uma delas se constituiu a partir de um traço no real da cura, ou a partir de uma tese sustentada em uma das etapas do ensino de Lacan em sua releitura de Freud.

A formação, a nominação e/ou a designação de seus analistas permanecem como competência de cada uma das instituições membro de Convergência. Nosso Movimento possibilita trabalhar com esta diversidade.

Como Participar?

Qualquer analista, associado ou não associado, poderá participar no debate, no intercâmbio e nas atividades de produção de Convergência. Além disto, pode integrar os diferentes grupos de trabalho de Convergência que foram constituídos. Toda a comunidade pode participar nas atividades. Participar no Movimento requer um trabalho prévio. Uma associação que queria fazer parte deste Movimento deve se comprometer com um projeto de trabalho e desenvolvê-lo junto com ao menos três associações com as quais tenham transferência de trabalho e que já pertençam a Convergência. Desde o momento em que seu trabalho é aceito pelos membros das demais associações, poderá assistir às reuniões anuais do Comitê de Enlace Geral e pagar a cota anual para afirmar sua adesão.